Eu morro por você – A doença

A doença é o amor distorcido por alguém da família.  – Eu sigo você Uma das transferências segue a frase interna: “Eu sigo você”. Por exemplo, o caso de um filho que é atraído para junto de sua mãe, que teve uma morte precoce. Ele também deseja morrer para acabar com a separação entre os dois. O mesmo […]

Se sua mãe nunca te consolou

Se sua mãe nunca te consolou, provavelmente será difícil que encontre um verdadeiro consolo para o coração nas relações que estabeleças com outras pessoas. Teu trabalho será criar esse sentido de consolo para o coração dentro de si mesma. Se sua mãe nunca se compadeceu de você, provavelmente terá pouca paciência com suas próprias falhas, […]

As Chaves da Sexualidade

“Bem no fundo do mecanismo da sexualidade encontra-se uma frequência que pode ser atingida, e que tem sido procurada e mal compreendida por muitas pessoas. Chama-se orgasmo. O orgasmo foi distorcido de seu propósito original. O vosso corpo esqueceu o orgasmo cósmico que é capaz de atingir, porque a sociedade vem dizendo há milhares de […]

Os maus e os bons na família

Há algo mais a ter em conta. Algumas pessoas são excluídas de um sistema porque se diz que elas não são dignas, por exemplo, alguém que é jogador ou alcoólico, homossexual ou criminoso. Sempre que uma pessoa é excluída desta forma, por alguns dizerem “eu tenho mais direito a pertencer do que ele ou ela”, […]

Morte, medo e exclusão

Morte, medo e exclusão – Reflexão Bert Hellinger “A morte de uma mulher no parto é, para uma família, o mais decisivo dos acontecimentos. Quando existe um destino particularmente difícil, ele provoca medo. Acredita-se que, quando se pensa nisso ou se reverencia essas pessoas mortas, esse destino terrível continua. Por isso essas pessoas são temidas […]

Tudo aquilo de que me lamento ou queixo, quero excluir

  “Tudo aquilo de que me lamento ou queixo, quero excluir. Tudo aquilo a que aponto um dedo acusador, quero excluir. A toda a pessoa que desperte a minha dor, estou a excluí-la. Cada situação em que me sinta culpado, estou a excluí-la. E desta forma vou ficando cada vez mais empobrecido. O caminho inverso […]